BR69 – Isso sim é rock de verdade

Estilo: punk rock, rock anos 70 e rock clássico
Influencias: Beatles, Raul Seixas, Rolling Stones, Bod Dylan e Johnny Cash.

Se você etá cansado de escutar esses rockizinhos do Restart, fresno, Cine, aqui vai uma dica do caralho BR69. Os caras fazem um som bom pra caceta, não enfeitam é simplesmente ROCK e da melhor qualidade. Com um excelente vocalista, ótimo trabalho de guitarra e uma cozinha afinadíssima essa banda vem aos poucos conquistando seu espaço no cenário nacional. Vale a pena você conferir o trabalho dos caras.

BR69 - Isso sim é rock de verdade

BR69 – Isso sim é rock de verdade

UM POUCO DA HISTÓRIA DO BR69
No ano de 2002, enquanto o Lula tomava posse da Presidência na Esplanada brasileira, quatro rapazes do Rio de Janeiro resolveram montar uma banda de Rock. Isso mesmo: Rock. Não o Rock colorido, apático e pré-fabricado que se ouve nas esquinas de qualquer metrópole condenável do Brasil. Era pra fazer Rock mesmo: petrificável, verdadeiramente sólido e compatível com a estética dos grandes mestres. O intuito não foi módico: produzir música que representasse aquilo que a música um dia havia sido. Simples assim. Antenados às mais antigas tendências amplificáveis do momento, como o extinto Chess Records e os discos produzidos pelo maestro Duprat, cada integrante do grupo trouxe um diferente prato à mesa. Com inspirações que iam de Muddy Waters aos Beatles, Rolling Stones ao Mutantes, a banda BR69 foi aos poucos se moldando — mastigando os diversos tipos de som que lhes atingiam os ouvidos. Os festivais de colégio rapidamente viraram concertos na Inglaterra no renomado Beatle Week, e assim por diante.

A banda, enquanto se estabelecia, conseguiu criar uma identidade própria, aprimorando-se tecnicamente a cada show e ensaio. Trilhando o tortuoso caminho do Rock brasileiro, com tempo, rigor e dedicação a BR69 conquistou plateias do sudeste do Brasil, fazendo shows no estado de Minas, Espírito Santo, São Paulo e Rio de Janeiro. Com um som agressivo e de violência sônica, letras satíricas e duras inspiradas em métricas dos grandes bluesmen’s norte americanos — e claro nos mestres letristas brasileiros; composições ousadas que resgatam uma aura já perdida da guitarra elétrica, a BR69 marcou seu território. O grande marco obviamente tinha que ser a gravação do disco “Solta o Preso” em 2011. Com Alexandre D’Angelo no vocal, Felipe Carvalho na guitarra, Luiz Borges no baixo e Gustavo Azem na bateria, a BR69 veio para mostrar que se o Rock estiver morto, o show vai ser no inferno.

Integrantes:
Alexandre D’Angelo (vocal e guitarra base)
Felipe Carvalho (guitarra solo)
Luiz Borges (baixo)
Gustavo Azem (bateria)

Escute o CD “Solta o preso”:

Próximos Shows:
01/11/2012 – Saloon 79 – Rua Pinheiro Guimarães, 79 Botafogo – Rio de Janeiro – (0xx)21 3239-0735
09/11/2012 – The Maze – Rua Tavares Bastos, 414 – Catete – Rio de Janeiro – (0xx)21 2558-5547
20/11/2012 – Casa da Matriz – Rua Henrique de Novaes, 107 – Botafogo – Rio de Janeiro

Quem é Phellpes Ferreira ?

Profundo apreciador do Rock em todas as suas vertentes. Busco sempre conhecer bandas fora do mainstream pois acho que aí é que está o verdadeiro espírito do Rock n'roll : simples, direto e sem frescuras. Keep Rock Alive!

Publicidade

Deguella - Clique e Ouça

Comente com seu perfil do Facebook

Comente direto no site

Deixe um comentário, ou adicione um trackback em seu site/blog. Você pode acompanhar os cometários via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *