Lista: Conheça 10 mitos sobre o Metal

Por mais de 40 anos as pessoas em todo o mundo têm explorado o metal e seus muitos subgêneros, por isso vários mitos apareceram ao longo do tempo. Aqui está 10 mitos sobre o metal e a verdade que vem com eles.

10. Heavy Metal

10. Heavy Metal

10. Heavy Metal


Mito: A música é cha­mada de “Heavy Metal”
A mai­o­ria das pes­soas acre­dita que os gri­tos, a sono­ri­dade áspera e as gui­tar­ras muito dis­tor­ci­das é “Heavy Metal”. Na rea­li­dade, o metal tem cen­te­nas de sub­gê­ne­ros e “Heavy Metal” é mais um deles. Ban­das como Cream, Led Zep­pe­lin e Black Sab­bath abri­ram o cami­nho para ban­das de metal, cri­ando um som único. Mas enquanto essas ban­das podem ser cha­ma­das de heavy metal, uma mai­o­ria alar­mante de não-metalheads, prin­ci­pal­mente ido­sos e ado­les­cen­tes, referem-se a toda a música rock como heavy metal. Simplesmente porque eles não sabem nada sobre a diversidade no gênero.

09. Bárbaro

09. Bárbaro

09. Bárbaro


Mito: os músi­cos de metal são anor­mais sem edu­ca­ção que não sabem for­mar frases
Outro erro comum. A mai­o­ria das pes­soas olham para as letras e a música e acham-nas sim­ples e estú­pi­das. A mai­o­ria dos músi­cos de metal são pes­soas muito inte­li­gen­tes, alta­mente con­cen­tra­das que são capa­zes de escre­ver letras de música pro­fun­das e sig­ni­fi­ca­ti­vas. Por exem­plo, a banda de Black Metal Bathory base­ava muito de suas músi­cas em com­po­si­to­res clás­si­cos. E letras de metal são incri­vel­mente bem escri­tas. Evi­den­te­mente que nem todas as ban­das são incri­vel­mente lite­rá­rias, depen­dendo do estilo e da fina­li­dade do grupo.

08. Anti-Religião

08. Anti-Religião

08. Anti-Religião


Mito: Todo metal é con­tra a religião
Na opi­nião da mai­o­ria dos não-metalheads, ban­das de metal odeiam reli­gião, o que não cor­res­ponde a ver­dade. Na mai­o­ria dos casos, mui­tas vezes as ban­das se posi­ci­o­nam con­tra o cris­ti­a­nismo ou for­mas de cris­ti­a­nismo. No entanto, mui­tos artis­tas são reli­gi­o­sos, como a banda de metal­core As I Lay Dying, ou o David Dra­mian do Dis­tur­bed. É seguro dizer que a reli­gião não é muito que­rida no meio, mas não é odi­ada como tal, embora haja exce­ções a todas as regras.

07. Satânico

07. Satânico

07. Satânico


Mito: Metal pro­move satanismo
O gênero que faz mais refe­rên­cias a ima­gens e temas satâ­ni­cos é cha­mado de black metal, cuja ori­gem está no album do Venom cha­mado “Black Metal”. Algu­mas ban­das de death e Thrash Metal, como Slayer, Can­ni­bal Corpse e Mor­bid Angel falem de sata­nismo, pou­cos músi­cos na ver­dade têm cren­ças satâ­ni­cas e os que pos­suem ten­dem a não ten­tar promovê-lo expli­ci­ta­mente, com raras exceções.

06. Crimes

06. Crimes

06. Crimes


Mito: Metal pro­move ati­vi­da­des cri­mi­no­sas, como o assassinato
Enquanto algu­mas pes­soas na comu­ni­dade do metal foram pre­sas por cri­mes e assas­si­nato, somente um caso é pre­do­mi­nante; o de Varg Viker­nes, que assas­si­nou Eurony­mous, mem­bro do Mayhem. A mai­o­ria das ban­das de metal cujas letras e ima­gens sejam vio­len­tas ou per­tur­ba­do­ras afir­mam que seu con­teúdo não é para ser levado a sério. Mais noto­ri­a­mente o Can­ni­bal Corpse, conhe­ci­dos por suas letras, mui­tas vezes ela­bo­ra­das sobre a ima­gem mais hor­rí­vel da morte, assas­si­nato e feti­chismo sexual. Além disto, mui­tas vezes a imprensa atri­bui erro­ne­a­mente a culpa a uma deter­mi­nada música ou letra, esque­cendo de mos­trar, em quase todos os casos, que o autor do crime já pos­suía alguns tipos de ano­ma­lias e que a música foi uma das manei­ras encon­tra­das para pro­mo­ver esta ati­vi­dade, sendo que ela pode­ria ter acon­te­cido por causa de um jogo, de um livro ou mesmo de um bate-papo.

05. Sexismo

05. Sexismo

05. Sexismo


Mito: Metal é sexista
Embora pareça que grande parte das ban­das de metal, espe­ci­al­mente no final dos anos 80, bana­li­za­vam o sexo e as mulhe­res, agora a ques­tão é muito menos comum. E mui­tas ban­das, espe­ci­al­mente do black metal grind, além das do Doom Metal, evi­tam usar o tema do sexo de forma deli­be­rada. Isto acon­tece devido ao fato de, após os anos 80, mui­tos músi­cos, espe­ci­al­mente os mais novos, não se ape­ga­rem tanto a estes temas e pro­cu­ra­rem outras influên­cias, inclu­sive lite­rá­rias e, em alguns casos, até mesmo filo­só­fi­cas, afastando-se do pas­sado com o hard rock e o glam metal. Temos inclu­sive mui­tas garo­tas que cur­tem metal, o que cor­ro­bora para que o gênero, hoje, não seja visto como sexista ou mesmo machista.

04. Fascista

04. Fascista

04. Fascista


Mito: os músi­cos de metal têm, cren­ças racis­tas, fas­cis­tas ou neo-nazi
Mui­tos músi­cos dizem acre­di­tar que cer­tas raças ou gru­pos étni­cos são melho­res ou pio­res do que outros, é mais comum que isto faça parte da apre­sen­ta­ção, como forma de pro­vo­car algu­mas rea­ções adver­sas. Um bom exem­plo disso é o ex-vocalista do Gor­go­roth, Gaahl ‚que não é somente homos­se­xual, mas afir­mava ter opi­niões racis­tas, mas que levava elas a sério e ten­tava não expressá-las aber­ta­mente. Existe ape­nas uma pequena par­cela de ban­das real­mente liga­das aos ide­ais neo-nazistas ou nacional-socialistas, como o Aryan Kampf 88, Valth Beake, Aryan Tor­men­tor, Aryan Blood, Aryan Kom­mando 88, Storm Front 88 e outras, ainda sim não são ban­das de grande acei­ta­ção den­tro da cena ou mesmo com um grande séquito de fãs.

03. Crianças

03. Crianças

03. Crianças


Mito: Metal faz mal para as crianças
Grande parte do metal é feito para cri­an­ças e ado­les­cen­tes como uma forma menos séria para lidar com o estresse do que por outros meios dis­po­ní­veis. Embora as pes­soas diga que o metal enve­nena a mente das nos­sas cri­an­ças, boa parte de quem diz isto geral­mente tem a mente muito fechada e não com­pre­en­dem bem o que pode repre­sen­tar o gênero. Para elas, qual­quer mani­fes­ta­ção que faça algum tipo de “alu­são nega­tiva” é pre­ju­di­cial para as cri­an­ças, pois pode modi­fi­car para o cará­ter das pes­soas. Estas pes­soas impli­ca­ram tam­bém com jogos vio­len­tos, livros con­si­de­ra­dos “pro­fa­nos”, fil­mes e dese­nhos ani­ma­dos etc.

02. Sem talento

02. Sem talento

02. Sem talento


Mito: Para tocar metal não é pre­ciso habilidade
Qual­quer pro­fis­si­o­nal irá dizer que o metal e jazz são os dois gêne­ros mais difí­ceis de música popu­lar para serem exe­cu­ta­dos. E enquanto parece que os músi­cos de metal se escon­dem atrás de dis­tor­ção da gui­tarra, os riffs rápi­dos e per­cus­são extrema são quase sem­pre 100% reais, sem qual­quer mate­rial sin­te­ti­zado. Os sub­gê­ne­ros de música que ten­dem a edi­tar suas músi­cas digi­tal­mente são metal­core, indus­trial e grind, por neces­si­dade que estes têm ou com fina­li­da­des musi­cais, como no caso do grind, que pro­cura satu­rar o som em mui­tos casos. Quase todas as músi­cas são fei­tas com tra­ba­lhos com o mínimo de tra­ta­mento. Mui­tos músi­cos, inclu­sive, pos­suem uma for­ma­ção musi­cal muito sólida, com anos de estudo, como no caso do André Matos ou mesmo a banda Hag­gard, cujos músi­cos são for­ma­dos em música eru­dita. Só não se pode esque­cer que metal não é (e nem pre­tende ser) um estilo per­feito ou mesmo extre­ma­mente eru­dito, isto varia muito de banda para banda.

01. Gritaria

01. Gritaria

01. Gritaria


Mito: Os vocais são somente gritos
Se você gosta de metal, pro­va­vel­mente você já ouviu alguém dizer: “Uau, ele real­mente não sabe can­tar?” Isto real­mente irrita mui­tas vezes, pois é um fato de que os vocais de metal são extre­ma­mente difí­ceis. E embora pareça fácil, os vocais variam muito, de um ros­nado a um grito, e tudo mais, uma vez que diver­sos sub­gê­ne­ros pedem um tipo certo de vocal. Alguns pedem vocais mais pró­xi­mos do lírico, outros não. Da pró­xima vez que alguém dis­ser que os voca­lis­tas de metal não estão can­tando, dê ape­nas uma res­posta sim­ples: “É ape­nas diferente.”

Quem é Fábio Pitombeira ?

Trabalha desde 2002 com produção de shows em Teresina. Teve a oportunidade de trabalhar com grandes nomes do Heavy Metal e Rock and Roll como Paul Di Anno, Ira!, Hangar, Angra, Shaman, Andralls, Drowned, Clamus, Dark Season, Megahertz, Anno Zero, Empty Grace, Morbydia, Káfila, entre outros.

Publicidade

Comente com seu perfil do Facebook

Comente direto no site

Deixe um comentário, ou adicione um trackback em seu site/blog. Você pode acompanhar os cometários via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *