Rock Cordel 2012. Conheça as bandas que tocam dia 16

Dia 16: O caldeirão borbulhante de ritmos do Roque Moreira abre a segunda noite do Rock Cordel Teresina, botando o povo pra arrastar os pés com zabumba, percussão e guitarra de rock.

Roque Moreira

Roque Moreira

Figurinhas carimbadas da noite teresinense, o Clínica Tobias Blues traz não apenas os sons puros do Delta do Mississipi, mas também sua versão eletrificada, em doses de rock’n’roll e psicodelia via Invasão Britânica.

Clínica Tobias Blues

Clínica Tobias Blues

As Dawn Breaks faz parte da nova leva de bandas que renova gradativamente a cena underground da cidade. O quinteto bota peso e agressividade a serviço de bases quebradas que agradam em cheio os mais antenados nas vertentes modernas do metal alternativo.

As Dawn Breaks

As Dawn Breaks

De Alagoas o Autopse mostra pela primeira vez nos palcos piauienses o vocal gutural da vocalista Dani, o grande diferencial da banda dentro da cena metal nordestina, junto com suas letras em português.

Autopse

Autopse

Letras contundentes em português também são o forte d’A Falange, quinteto da zona norte de Teresina legítimo representante da vertente math-rock por esses lados.

A Falange

A Falange

O blues e suas vertentes voltam ao palco com a banda Gallo Azhuu, de São Luís, que prepara a festa para os também bluseiros BR-316 fecharem a noite.

BR-316

BR-316

O festival Rock Cordel é uma realização da gestão cultural do Banco do Nordeste do Brasil e do Circuito Fora do Eixo e tem entrada franca tanto nos shows quanto nas oficinas.

Quem é Fábio Pitombeira ?

Trabalha desde 2002 com produção de shows em Teresina. Teve a oportunidade de trabalhar com grandes nomes do Heavy Metal e Rock and Roll como Paul Di Anno, Ira!, Hangar, Angra, Shaman, Andralls, Drowned, Clamus, Dark Season, Megahertz, Anno Zero, Empty Grace, Morbydia, Káfila, entre outros.

Publicidade

Deguella - Clique e Ouça

Comente com seu perfil do Facebook

Comente direto no site

Deixe um comentário, ou adicione um trackback em seu site/blog. Você pode acompanhar os cometários via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *